Novo

Mach

16,00 €
15,00


Colecção POESIA, n.1

de Alexandre Sarrazola

ISBN: 978-989-54519-5-1

Edição: 5-2020

Editor: MAZU PRESS

Idioma: Português

Formato: 15 x 23 cm

Páginas: 108

Ref.: POE.1

PVP: 16€

 

O AUTOR

É um dos mais distintos arqueólogos da sua geração e também um multifacetado e premiado escritor.
Licenciado em História-Variante de Arqueologia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e pós-graduado em Direito do Património Cultural pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.
É autor, entre outros, dos livros de ficção Neófitos (2014), Um quarto na Pensão Beziehungswahn (2014), Kinderszenen (2015, recomendado pelo Plano Nacional de Leitura), Smalloch (2018) e Triq-Gatto-Murina (2019), e dos títulos de poesia Thaumatrope (2007), View-Master (2013) e Fade Out (menção honrosa Prémio Vasco Graça Moura INCM, 2016).
Desde 2006 publica regularmente ficção e poesia em antologias colectivas portuguesas e estrangeiras.
É colunista da patrimonio.pt desde 2018.
Entre 2006 e 2015 trabalhou com várias companhias de teatro enquanto dramaturgo.

Na Mazu Press é autor do romance Dilmun (2019) e do ensaio Arqueologia de Salvaguarda. Lei, Território e Desordem (2018).

 

SINOPSE

Em Mach o fluxo de consciência de quem, numa maiêutica e obstinada dinâmica, pariu da dor estes textos poéticos concebeu-os a 1 225,044 km/h. Por isso 12 vezes os gravou, sabendo que a mão que grafa não acompanha a velocidade da avalanche neuronal. E 12 vezes os transcreveu da voz gravada para os violentos sons do teclado de uma Erika de 1933, para os fixar em texto. A cada 12 textos, um mergulho atlântico. A cada 12 mergulhos, um regresso ao gravador e à máquina avoenga. Eis a doença que traz a pérola. Eis a pérola que inflige miasma: na alma, na consciência e no corpo que mergulha à velocidade do som. [AS, 10MAI20]

 

Procurar nesta categoria: Categories